• Levi Soares

Depressão, riqueza e felicidade

Atualizado: 9 de Dez de 2019



Muitas pessoas associam a depressão a condições como pobreza, desestruturação familiar e insucesso. Por isso, algumas notícias são tão chocantes. Foi o caso do Padre Marcelo Rossi, quando a mídia divulgou sua doença.


O espanto vem do fato de uma pessoa famosa, influente e com uma carreira de sucesso se ver afundada numa depressão. Afinal, é difícil compreender como uma pessoa que tem tudo o que a sociedade prega como essencial a felicidade de repente sentir-se triste, sem vontade de levantar ou mesmo com desejo de morrer.

É algo próprio do senso comum. Obviamente, a depressão é associada a alguns fatores como desemprego, brigas no relacionamento e mesmo pobreza. Estes fatores, porém, não devem ser vistos como regra. Uma pessoa pode ficar deprimida APESAR de tudo o que tem, de tudo o que construiu ao longo da vida.


Isto acontece por um motivo simples. O homem NÃO É um simples produto do meio, como querem alguns pensadores. Embora o mundo onde venhamos tenha um papel importantíssimo em nossa saúde mental, ele não é o fator determinante. Como bem lembra Viktor Frankl, o criador da logoterapia:


“Quando não podemos mais mudar uma situação, somos desafiados a mudar a nós mesmos”.

Assim, é importante saber que a depressão é uma doença que não escolhe classe social. Por isto depoimentos como o do Padre Marcelo Rossi são essenciais para conscientizar a população de que a depressão não é uma escolha, mas uma condição. Ninguém decide ficar deprimido, e é justamente por isto que é importante fornecer um suporte profissional nestes casos, tanto de um médico psiquiatra como de um psicólogo clínico. Nas palavras do Padre Marcelo Rossi:


“Durante a depressão, ser padre se tornou uma profissão. Não deixei de ir em nenhum compromisso, mas já não fazia com amor. Senti que algo estava errado quando o Papa Francisco veio aqui e eu não cantei para ele. Foi aí que me dei conta e pensei: preciso me tratar”.

Se você ser encontra em uma situação em que pensa em que a vida está sem sentido, tem desânimo para realizar atividades diárias e tristeza constante, procure o psicólogo. Converse com a gente! Temos também um questionário que te ajudar a identificar o risco de você estar sofrendo de depressão.

0 visualização

Atenção: Este site não oferece tratamento ou aconselhamento

imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br.

Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.

Copyright © 2019 Sentidos Psicologia - Todos os direitos reservados.